sexta-feira, 19 de janeiro de 2007

Alentejo













Uma velha,
a alma enlutada,
uma parede caiada,
um monte esquecido,
um chão ardido...

Eis tudo o que vejo
no meu Alentejo...