sábado, 24 de maio de 2014

K

Agora

Agora,
nasceu o Sol,
já as nuvens 
se esfarriparam para algures,
e o vento,
(ah o vento!)
esse foi-se esmorecendo
pelos caminhos do sul.
Agora,
é o tempo das colheitas,
do trigo 'prenho',
da claridade 
e do assalto da alegria.
Agora,
é o tempo das redes luzentes,
faiscantes de vida 
e de esperança.
Agora,
é o meu tempo
e o tempo desta terra
em que nasci,
pai-mãe dos meus sonhos
e chão-minha-Pátria,
e terra a que chamo Nação!
(Foto do autor obtida com telemóvel:
Berlenga Grande, Verão 2011)

N.A. - "Agora" é também o tempo do texto tosco, previsível

Etiquetas:

quarta-feira, 14 de maio de 2014

K

arbóreas

Amo as árvores:
com a sua sombra,
ladeiam a entrada
do meu jardim,
à sua sombra
voo pelas áleas 
onde se escondeu 
a loucura que me acomete.

As minhas árvores herdarão
os sonhos que nunca tive,
os desvarios
e as prevaricações,
os sentidos sem sentido.

Em frente ao meu jardim
moram as rosáceas
de velhas catedrais,
onde se oculta,
num estreito sacrário,
toda a pureza que me escapa.  
(fonte da imagem:
https://www.google.pt/url?sa=i&rct=j&q=&esrc=s&source=images&cd=&cad=rja&uact=8&docid=1Ai0coMU-dAbvM&tbnid=GGDBZuyKvriKNM:&ved=0CAQQjB0&url=http%3A%2F%2Fwww.tripadvisor.co.uk%2FLocationPhotoDirectLink-g187371-d192291-i75071354-Cologne_Cathedral_Dom-Cologne_North_Rhine_Westphalia.html&ei=hJNzU8CvA8Wd7QbKvYCIDQ&bvm=bv.66699033,d.d2k&psig=AFQjCNEKvPbcGJAULmXN8XPcOaN8FF8IYw&ust=1400169707211538)


Etiquetas: ,

sábado, 10 de maio de 2014

K

sábado, 3 de maio de 2014

K

(...)

Hoje queria deixar-vos aqui algo sublime, inesquecível.
Afinal, as palavras são apenas filas entediantes, o verbo não se solta,
nada qualifica seja o que for. 
Quatro linhas são o que resta de um sonho...

Etiquetas:

"[...] Apesar de tudo o que se passa à nossa volta, sou optimista até ao fim. Não digo como Kant que o Bem sairá vitorioso no outro mundo. O Bem é uma vitória que se alcança todos os dias. Até pode ser que o Mal seja mais fraco do que imaginamos. À nossa frente está uma prova indelével: se a vitória não estivesse sempre do lado do Bem, como é que hordas de massas humanas teriam enfrentado monstros e insectos, desastres naturais, medo e egoísmo, para crescerem e se multiplicarem? Não teriam sido capazes de formar nações, de se excederem em criatividade e invenção, de conquistar o espaço e de declarar os direitos humanos. A verdade é que o Mal é muito mais barulhento e tumultuoso, e que o homem se lembra mais da dor do que do prazer."

Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue! Sopro Divino

eXTReMe Tracker
Article of the Day
Article of the Day provided by TheFreeDictionary

This Day in History
This Day in History provided by TheFreeDictionary

Today's Birthday
Today's Birthday provided by TheFreeDictionary

Quote of the Day
Quote of the Day provided by The Free Library

Hangman
Hangman provided by TheFreeDictionary
tag -->